Preencha o formulário abaixo que um de nossos corretores entraram em contato com você.


CENTRAL DO CLIENTE: (48) 3240-8118 - (48) 3240-5096 - (48) 99171-8476

Área Restrita

Normas técnicas ABNT e portas automáticas

Cada vez mais presentes em empresas de todo o Brasil, as portas automáticas se tornaram as grandes protagonistas de projetos arquitetônicos e de engenharia por levarem beleza, praticidade e sofisticação a obras e empreendimentos.

Desde então, as portas automáticas deixaram de ser equipamentos que só se faziam presentes no mercado de alto luxo para participar no dia a dia das pessoas. E agora, estão presentes em estabelecimentos comerciais de menor porte, como confeitarias e restaurantes, até em empresas ou empreendimentos de maior porte, como shoppings e centros executivos.

Entretanto, para que as portas automáticas atendam com excelência à finalidade a que se destinam, se faz necessário a observância e cumprimento rigoroso de todos os critérios e requisitos dispostos nas respectivas normas técnicas.

*No caso de portas automáticas, levamos em consideração as normas da ABNT.

Vale lembrar: a Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT) é o órgão brasileiro responsável pela elaboração e desenvolvimento de toda a normatização técnica no País. Além disso, fornece insumos e fomenta o desenvolvimento tecnológico brasileiro.

Para termos noção exata da sua real importância, não só para o Brasil, mas também para o mercado internacional, basta falarmos que a ABNT é membro fundador da Organização Internacional de Normalização, Comissão Panamericana de Normas Técnicas e da Associação Mercosul de Normalização.

Normas e portas automáticas

A Comissão de Estudo Especial de Portas Automáticas (ABNT/CEE-107), responsável pela criação de normas para sistemas de portas automáticas acionadas por sensor ou comando manual, elaborou dois documentos que norteiam - desempenho, funcionalidade, operacionalidade, durabilidade e segurança de portas automáticas.

As duas normas criadas pela ABNT/CEE-107 são:

1- ABNT NBR 15202:2006 - trata de sistemas de portas automáticas de uso para pedestres e tráfego de pequenos veículos buscando garantir operacionalidade, segurança e durabilidade.

2- ABNT NBR 16025:2012 - trata de sistemas de portas automáticas deslizantes horizontais (retas e curvas) e portas automáticas utilizadas em saídas de emergência para pedestres. A norma estabelece requisitos de segurança e métodos de ensaio para os componentes desses tipos de porta.

Normas e o tipo de vidro utilizado

A Associação Brasileira de Distribuidores e Processadores de Vidros Planos (ABRAVIDRO), órgão que responde ao Comitê Brasileiro de Vidros Planos (ABNT/CB-037), alerta e deixa claro que apenas os vidros temperados e laminados devem ser utilizados em sistemas de portas automáticas.

Portas automáticas e esquadrias

Falamos sobre as normas técnicas que direcionam sistemas de portas automáticas para o atingimento do melhor desempenho - desde funcionalidade à segurança.

Agora, conheceremos as normas técnicas que ditam as regras para sistemas de portas automáticas que apresentam esquadrias em seu projeto.

Da mesma forma, a Comissão Especial de Estudo de Esquadrias (ABNT/CEE-191) dividiu a norma técnica geral ABNT NBR 10821 “trata de esquadrias para edificações” em 5 partes.

São elas:

1- ABNT NBR 10821-1:2017 - Esquadrias externas e internas – terminologia;

2- ABNT NBR 10821-2:2017 - Esquadrias externas – requisitos e classificação;

3- ABNT NBR 10821-3:2017 - Esquadrias externas e internas - métodos de ensaio;

4- ABNT NBR 10821-4:2017 - Esquadrias externas - requisitos adicionais de desempenho;

5- ABNT NBR 10821-5:2017 - Esquadrias externas – instalação e manutenção.

Recomendações da ABRAVIDRO

A ABRAVIDRO recomenda:

a) As esquadrias de alumínio precisam ser anodizadas, ou seja, sofrer imersão em banho eletrolítico para a formação de uma camada de óxido em sua superfície. O filme formado atuará como anticorrosivo nas esquadrias.

b) Esquadrias de aço carbono ou ligas de aço e cobre precisam passar pelo processo de galvanização. A proteção contra a corrosão também é o grande objetivo.

c) Todas as esquadrias escolhidas devem passar por rigorosos ensaios de desempenho acústico, penetração de ar e estanqueidade à água. Tão importante quanto os ensaios anteriores - são os ensaios de resistência a cargas distribuídas e simulação de manuseio em operação.

 

 

Vimos até agora que para as portas automáticas cumprirem com excelência o seu papel de oferecer segurança, conforto e sofisticação aos mais variados ambientes e espaços, é necessário o atendimento integral às normas estabelecidas pela ABNT.

É dessa forma, com preenchimento de todos os requisitos dispostos em lei, que a porta automática Tecnoport será a melhor opção para o seu negócio se destacar de vez no mercado onde atua.

Quer saber mais sobre os nossos produtos e soluções? Então não perca mais tempo e entre já em contato conosco! A nossa equipe comercial está preparada para tirar todas as suas dúvidas e te ajudar na escolha da porta automática ideal para o seu negócio.



Posts Relacionados

Espaço exclusivo para você ficar por dentro das novidades.